domingo, dezembro 24, 2006

Sequissímas - Parte II

Ontem, estava num aniversário, e enquanto contava à minha vizinha as aventuras do Flygandi em Itália, o meu irmão escutava-me atentamente, ou não…
A uma parte da conversa surge o seguinte diálogo:

Somemarbles: - … também já esteve em Veneza. Diz que é bonito mas dois, três dias por lá, são mais que suficientes. Como na cidade há muitos canais…

Ao que o meu irmão me interrompe, apontando para a televisão e diz:

Pitacho: - Aqui também há muitos canais!

terça-feira, dezembro 12, 2006

Os Questinários da Maria e Companhia

1 – ALTURA
1,67m – uma verdadeira miséria.


2 – QUE SAPATOS ESTÁS A USAR?
Um par de botas de cano alto, pretas e de biqueira fina, com um tacão tipo agulha que sempre me dá mais 10 cm. Ah, e muito útil para matar baratas no cantinho da parede.


3 – MEDO?
Às vezes…


4 – OBJECTIVOS A ALCANÇAR
A fita com que se corta a meta.


5 - FRASE QUE MAIS USAS NO MESSENGER?
Hummm…


6 - MELHOR PARTE DO CORPO?
O espelho


7 – PALAVRÕES?
Ui… tantos… então se for para dar chá a alguém…


8 – LADO DA CAMA?
O de baixo, sempre gostei de me esconder debaixo da cama, quando jogava às escondidas.


9 – TOMAS BANHO TODOS OS DIAS?
Só mesmo quando chove. Sou poupadinha no que toca a gastos com água.


10 – GOSTAS DE TOALHAS QUENTES?
Desde que estejam secas…


11 – URSINHOS DE PELÚCIA?
Isso apanha muito pó!


12 – ACREDITAS EM TI MESMO?
Não. Acredito mais no menino Jesus…


13 – DÁS-TE BEM COM OS TEUS PAIS?
Dependendo da hora a que chego a casa…


14 – GOSTAS DE TEMPESTADES?
Por acaso as tropicais são muito saborosas.


15 – DESPORTO?
Alongamentos e localizada, por favor não…


16 – PASSATEMPOS E HOBBIES?
Não fazer nada. Que é um tipo de coisa que me é muito difícil.


17 – FOBIAS E MANIAS?
QB


18 – CICATRIZES NO CORPO?
Não. Nada. Nem um arranhãozinho…


19 – DE QUE TE ARREPENDES DE TER FEITO?
Só me arrependo do que não fiz.


20 – COR FAVORITA?
Preto e Rosa.


21 – UM LUGAR ONDE NUNCA ESTIVESTES E GOSTAVAS DE IR?
A Terra já me chega.


22 – MANHÃS OU NOITES?
Tudo.


23 – O QUE TENS NOS BOLSOS?
Ar comprimido.


24 – QUE FARIAS SE FOSSES PRIMEIRO-MINISTRO?
Tanta coisa. Em primeiro lugar começava por mandar o pessoal da UE para o raio que os parta, que era para acabar de vez com a paranóia do défice. Depois, baixava o IVA. A seguir, ou começavam todos a fazer poupança dos recursos naturais ou estava aqui o c***lho!


25 – SE GANHASSES O EUROMILHÕES QUE FARIAS AO DINHEIRO?
Se por acaso eu ganhasse o EuroMilhões (coisa que nunca vou ganhar porque choraria toda a vida os 2,00€ apostados) tornava-me semítica.


26 – SE TE CAÍSSE NAS MÃOS A LÂMPADA DE ALADINO O QUE FARIAS? QUE DESEJOS PEDIRIAS?
1.º Para ela me cair nas mãos, era porque estava no ar. E que eu saiba a lâmpada estava enterrada nas areias do deserto.
2.º A lâmpada não era do Aladino. Para quem não se lembra o Aladino, foi o gajo que comeu a Jasmim. Que se saiba a lâmpada não tinha dono. Quem lá morava era o Génio.
3.º E respondendo à primeira pergunta: esfregava-a!


27 – SE O MUNDO ACABASSE HOJE ÀS 23h59m QUE FARIAS ATÉ LÁ?
O mesmo dos outros dias. Porque também posso morrer daqui a 5 minutos.


28 – SE TIVESSES UM FILHO SEM SABER COMO, SEM RAZÃO NENHUMA, QUE FARIAS?
Ainda bem que essas coisas só acontecem na quinta dimensão. Mas olha, começava a ir comigo aos concertos, para aprender alguma coisa.


29 – PORQUE É QUE AINDA RESPONDES A ESTE TIPO DE QUESTIONÁRIOS?
Porque hoje tenho pouco trabalho.


30 – VAIS PASSAR ISTO A ALGUÉM?


Fiquem felizes, muito felizes: Não!

quinta-feira, dezembro 07, 2006

Ansiedade

Ainda não sei muito bem porquê, mas ando um bocadinho ansiosa. Como se estivesse à espera de alguma coisa. Mas o que mais me deixa fora de mim, é que de facto não estou à espera de nada especial, nem concreto.
Começo a achar que se deve ao Natal. Devo estar a sofrer a pressão provocada pelos estudos que referem que nesta época metade dos portugueses sofre de stress. Não nos faltava mais nada, agora também sofremos de stress natalício… Logo eu, que até gosto de fazer as compras mais cedo, para puder analisar preços e comprar com calma…
Ou então é stress de fim de ano… E depois tenho stress Carnavalesco – devo dizer que esse me deixa bem mais animada – a seguir o stress Pascal, o stress 25 de Abril, e por aí fora porque já percebi que sempre que há comemorações os estudiosos dos inquéritos dizem que sofremos de stress.
Ou então, estou mesmo a sofrer de um puro e simples stress de ansiedade.

segunda-feira, dezembro 04, 2006

Sequissímas - Parte I

Digamos que a idade do armário do meu irmão, lhe tem refinado as piadas. Eis a conversa de sábado:

Somemarbles: – Oh garoto, jogas às 15h, não é?

Pitacho: - Às 15h não, às 15h 10m.

Somemarbles: - Que raio de horário é esse!? 15h 10m!?

Pitacho: - É a hora a que eu entro em campo!

Somemarbles: - Hummm…

Canker Ao Vivo E A Cores

Agora os ânimos estão mais calmos, mas a verdade é que valeu mesmo a pena esperar todo este tempo por um concerto dos Canker.
O concerto!
Mas primeiro foi o jantar com os outros dbd’s. Mas que belo jantar! Paguei 11,00€ e fui mal servida comó caraças, valeu pelo pudim de leito condensado que estava muito bom e claro, a companhia do pessoal! Não é por mal, mas no fim da noite, tive que ir comer uma bifana. Resumidamente, jantei mesmo mal. Logo eu, que gosto tanto de me alimentar bem, especialmente se for numa noite em sei que vou beber uns copos… (É mesmo porque eu sou uma fraquita e mal me aguento com uma mini!)
Mas antes do concerto ainda dei um saltinho aos camarins, para tentar maquilhar o Marciano com umas pintas à extraterrestre (???).
E ir aos “camarins” foi uma animação. Vê-los a tremer, cheios de nervoso miudinho, foi lindo. Deu-me bastante gozo ver aquelas caras ansiosas. Por momentos lembrei-me do tempo em que me dediquei ao teatro, lembrei-me de como era bons e electrizantes aqueles momentos antes de subir ao palco. Do nó que se me dava no estômago, no rir até doerem as bochechas, na correria frenética para os últimos retoques, no abrir da cortina, e no desfrutar de cada minuto em cima do palco. Acho que se passou o mesmo com eles.
Uns dias antes tinha estado a teclar com o Phantas, que me disse que iria haver uma surpresa. Não foi show lésbico, como ele me contou, mas ver aquela “fã”, caída não sei muito bem de onde, a subir o palco e a começar a assediar o Marciano… foi pela hora da morte… Estava ali uma surpresa do caraças…
Na verdade acho que a surpresa foi o single que andaram a distribuir pelo pessoal.
Ainda bem que a mim não me calhou nenhum…
Pois bem, e o concerto?
Em quase todos os concertos, fico atenta às movimentações de palco, à forma como os Canker se comportam, como se dedicam às músicas, gosto de ficar simplesmente, a olhar e a vê-los tocar (hábitos e gostos que ganhei, quando comecei a ir à sala de ensaio).
Mas desta vez não dei muita importância a isso. Caramba, eles estão com um trabalho muito bom! Longe de mim ser crítica e dizer que agora estão muito melhores, até porque eu não percebo nada de fazer música. Mas a minha opinião como colega é que eles estão mais maduros enquanto músicos e enquanto grupo.
Desta vez não sou capaz de descrever o concerto, fui surpreendida com aquilo que já conhecia!

Parabéns Canker!